Engenharia – Engenharia de Minas

Bacharelado

Esse é o ramo da engenharia que se ocupa da pesquisa, da prospecção, da extração e do aproveitamento de recursos minerais. O engenheiro de minas atua na área de tecnologia mineral, desde a prospecção (busca de depósitos minerais), a lavra (extração do minério) até o beneficiamento (processamento, separação e concentração do material extraído) para adequálo às especificações produtivas. Além de localizar jazidas, ele analisa o tamanho das reservas e a qualidade do minério no local. Estuda as possibilidades técnicas e econômicas da exploração do depósito mineral. Caso esta seja viável, elabora e executa o projeto de extração, escolhendo os equipamentos adequados e determinando os recursos humanos e materiais necessários ao trabalho. Em geral, o engenheiro de minas atua em companhias mineradoras, mas pode trabalhar também em pedreiras, construtoras de estradas e empresas de demolição. Lida com tecnologias de última geração e com reciclagem de produtos industriais ou com a prospecção de jazidas. A legislação ambiental exige que esse profissional tenha como objetivo minimizar o impacto da extração sobre o meio ambiente.

Dúvida do Vestibulando

QUAL É A DIFERENÇA ENTRE ENGENHARIA DE MINAS E GEOLOGIA?

O geólogo estuda a origem, a formação, a estrutura e a composição da crosta terrestre. Já o engenheiro de minas se ocupa da pesquisa, prospecção, extração e aproveitamento dos recursos minerais.

O mercado de trabalho

Em 2008, uma crise fez o Brasil perder a liderança mundial na produção de minério de ferro. Mas esse é um quadro que tende a se reverter em 2010. Só a Companhia Vale do Rio Doce, ou simplemente Vale, aumentou a sua produção em mais de 30%. A demanda pelo minério de ferro vem do mercado nacional e do exterior. A China, por exemplo, é um dos maiores compradores do minério brasileiro. A descoberta do pré-sal também aquece esse mercado, já que o engenheiro de minas atua na exploração do petróleo. Esse movimentado mercado é favorável para o bacharel. “Os alunos já estão saindo da faculdade contratados por grandes mineradoras. Eles vão trabalhar diretamente na operação das minas, fazendo lavra e exploração dos minérios”, afirma Hernani Mota de Lima, coordenador do curso da Ufop. Outros setores que também necessitam desse profissional são as empresas de softwares específicos para a exploração de minas e as de comercialização de equipamentos de mineração. No primeiro caso, o engenheiro é contratado para dar treinamentos e para operar o software em projetos. Já no segundo, o profissional é requisitado para vender os equipamentos. Vale, Amanco, CSN, Anglo Gold são alguns empregadores desse especialista. O estado de Minas Gerais concentra a maior quantidade de vagas.

Salário inicial: R$ 3.060,00 (6 horas diárias; fonte: Crea-SP).

O que você pode fazer ?

Abertura de vias subterrâneas

Definir a melhor técnica para extração de minerais, inclusive de água subterrânea.

Beneficiamento e processamento

Definir os processos físico-químicos adequados à separação das substâncias que compõem o minério. Na indústria, acompanhar o processo de tratamento de minerais. Pesquisar e desenvolver métodos de reciclagem de minérios e técnicas que diminuam o impacto da atividade extrativa sobre o ambiente.

Lavra

Planejar e supervisionar a exploração de minas subterrâneas ou a céu aberto. Definir os métodos de remoção, transporte e estocagem do material extraído.

Mecânica da rocha

Estudar o comportamento mecânico das rochas e sua influência na definição da estrutura de obras como galerias e túneis.

Prospecção

Trabalhar em atividades de localização de depósitos minerais com o uso, inclusive, de imagens colhidas por satélites.

Fonte: Guiadoestudante

Duvidas ?

Deixei sua pergunta em

comentario abaixo!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *