Processador com 1000 núcleos é demais???

Estamos na era dos processadores multi core, no início para melhorar o desempenho dos computares ( servidores ) utilizávamos 2 ou mais processadores na própria placa mãe, hoje em dia sabemos que isso não é preciso pois apenas 1 processador pode ter diversos núcleos e fazer o trabalho de muitos! Um dos mais conhecidos, o Core i7 possui nada mais, nada menos do que 4 núcleos reais que se comportam como se fossem 8 ao total. Pra deixar o Core i7 da intel no chinelo, pesquisadores de ciência da computação conseguiram fazer caber o incrível número de 1.000 núcleos individuais em um novo formato de CPU , resultando no que eles esperam ser um aumento de 20 vezes em relação ao desempenho atual do melhor processador do mundo em uso no momento. O processador alternativo foi feito usando a tecnologia FPGA (Arranjo de Portas Programáveis em Campo), já existente, uma forma de gerenciamento de transistores que permite ao usuário definir funções específicas para grupos de circuitos e alocar tarefas individuais para eles, criando vários núcleos gerenciáveis e modificáveis na hora.

O Dr. Wim Vanderbauwhede, da Universidade de Glasgow, na Escócia, e uma equipe da Universidade de Massachusetts Lowell criaram o CPU, que além de ser mais rápido, também é mais eficiente no uso de energia. É pura magia, mas ainda é um projeto imaturo que precisa se desenvolver.

fonte:Guanabara.info

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *